Asteróides

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Asteróides

Mensagem por Allef em Sab Ago 21, 2010 8:10 pm

Asteróides próximas a terra.

2010 PM58, a distância de 64,4 LD, tamanho de 120-160m, aproximação dia 23/08.
2008 OS9, a distância de 73,5 LD, tamanho de 350- 780m, aproximação dia 23/08.
2000 QV7, a distância de 58,9 LD, tamanho de 150-330 m, aproximação dia 24/08.

Legenda

Asteróide, distância, tamanho, aproximação.

LD= 384 mil Km. Equivale a distância da terra a lua.
avatar
Allef

Mensagens : 346
Data de inscrição : 18/08/2010
Localização : Cáceres, Pantanal- MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Fernando Troyano em Sab Ago 21, 2010 8:14 pm

E por um acaso estão em direção ao nosso planeta o em direção de algum do nosso sistema solar.

Existem fotos/videos/relatos de algum asteróide com algum planeta do nosso sistema solar?
avatar
Fernando Troyano

Mensagens : 376
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 37
Localização : São Bernardo do Campo

http://www.meteoclima.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Allef em Sab Ago 21, 2010 8:21 pm

Não Troyano. Estão apenas cantolando pelo sistema solar. Pode ficar tranquilo que não há ameaças de cair na terra.

Vou ver se consigo algumas imagens.

Abraços
avatar
Allef

Mensagens : 346
Data de inscrição : 18/08/2010
Localização : Cáceres, Pantanal- MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Fernando Troyano em Sab Ago 21, 2010 8:23 pm

Allef escreveu:Não Troyano. Estão apenas cantolando pelo sistema solar. Pode ficar tranquilo que não há ameaças de cair na terra.

Vou ver se consigo algumas imagens.

Abraços
Ufaa Razz

Pois é, isso eu acho que imaginava mesmo.

Mas não existem relatos ou fotos de satélites de planetas "atacados" por asteróides?
avatar
Fernando Troyano

Mensagens : 376
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 37
Localização : São Bernardo do Campo

http://www.meteoclima.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Allef em Sab Ago 21, 2010 10:05 pm

Troyano a única coisa que achei foi isso.

Porque a maioria é montagem.



O asteróide chocando com Júpiter.

Já pensou se isto fosse verdade?



Abraços.
avatar
Allef

Mensagens : 346
Data de inscrição : 18/08/2010
Localização : Cáceres, Pantanal- MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Fernando Troyano em Sab Ago 21, 2010 10:07 pm

Meu querido, da uma olhada neste video.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Fernando Troyano

Mensagens : 376
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 37
Localização : São Bernardo do Campo

http://www.meteoclima.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Lucasm em Dom Ago 22, 2010 10:34 am

Fotos da chuva de meteoros da semana passada por Brian Emfinger









avatar
Lucasm

Mensagens : 439
Data de inscrição : 19/08/2010
Idade : 23
Localização : Araraquara - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Allef em Dom Ago 22, 2010 9:58 pm

Lucas muito belas as imagens.

Troyano tem até um cinturão de asteróides chamados "asteróides Troianos" em homenagem a você.(brincadeira) Laughing Laughing

Vamos entender melhor os asteróides

Definição:Asteróides são rochas irregulares cuja maioria orbita uma região do espaço entre Marte e Júpiter, conhecida como "Cinturão de Asteróides". Elas existem aos milhares e por serem muito pequenas, não são considerados planetas. Alguns apresentam um diâmetro maior que 240 km onde o maior deles com 1000 km foi batizado de Ceres. Segundo o que é usualmente aceito pela maioria dos cientistas os asteróides são fragmentos de um planeta que não chegou a se formar.

O cinturão de asteróides situa entre Marte e Júpiter onde essas rochas permanecem no seu devido lugar seguindo sua trajetória, no entanto diversos mecanismos podem fazê-los sair de sua trajetória como colisão entre os próprios asteróides ou forte atração gravitacional exercida por Júpiter deslocando-os para uma nova órbita capaz de cruzar a órbita terrestre.



Outros grupos de Asteróides.

Apolos, Amor e Atens
Outro grupo de asteróides, conhecidos por Apolos, Amor e Atens, circulam em regiões distintas do Sistema Solar. Estes objetos representam um risco muito mais imediato do que os do Cinturão, já que suas órbitas naturais cruzam a órbita da Terra.



Por cruzarem nossa órbita, alguns desses objetos já atingiram nosso planeta em tempos passados. Um exemplo real dessa colisão com a Terra é a cratera formada pelo Meteoro Barringer, próximo a Winslow, no Arizona, EUA, visto abaixo.

Os asteróides Aten ficam na maior parte do tempo entre o Sol e a Terra, o que significa que vários deles cruzam a órbita do nosso planeta.



Os astrofísicos acreditam que existam milhares de asteróides Aten, mas apenas 550 foram descobertos, já que é praticamente impossível observá-los a partir da Terra.

Os asteróides são objetos pequenos e de baixa reflexão, tornando impraticável sua detecção pelos telescópios em Terra. Em outras palavras, alguns desses corpos podem chegar muito próximo de nós sem que ningúem os veja.

Esse problema está sendo contornado pelas grandes agências espaciais, que estão usando satélites para fazer uma verdadeira varredura espacial, medindo posições com grande precisão. Além do mais, os satélites podem olhar regiões próximas ao Sol sem qualquer dificuldades, impossível daqui da Terra.

O maior problema é que ninguém, da NASA, a agência espacial americana, ou da ESA, a agência européia, sabe exatamente quantos asteróides existem. Nenhum astrofísico, em nenhum observatório, pode responder com certeza essa pergunta.

Recentemente, usando dados obtidos pelo satélite infravermelho ISO( Infrared Space Observatory),da ESA, os astrônomos concluíram que existe cerca de 2 milhões de asteróides com mais de 1 quilômetro de comprimento situados no Cinturão de Asteróides, mas o número exato é uma incógnita.

Apolo11[b]
avatar
Allef

Mensagens : 346
Data de inscrição : 18/08/2010
Localização : Cáceres, Pantanal- MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Allef em Dom Ago 22, 2010 10:06 pm

Os asteróides podem mesmo colidir com a Terra? É possível evitar ?


Riscos de colisão
É extremamente difícil estimar o risco real que os asteróides representam para nosso planeta.

Diariamente, um grande número de desses objetos são observados e têm suas órbitas recalculadas, mas até mesmo os pesquisadores se surpreendem com alguns asteróides que se aproximam do nosso planeta sem que tenham sido observado anteriormente.

Em dezemro de 2001, observações astronômicas mostraram que um desses objetos passaria muito próximo da Terra. No dia 7 de janeiro, esse asteróide, batizado de 2001 YB5, passou a apenas 600 mil quilômetros de distância do nosso planeta. Essa distância, duas vezes a distância entre a terra e a Lua, é considerada muito pequena em termos astronômicos.





O 2001 YB5 tinha um diâmetro estimado de 350 metros e se chocasse com a suerfície, a quantidade de energia liberada seria a mesma produzida por dezenas de bombas atômicas.

No dia 8 de marco de 2002, outro asteróide, batizado de 2002 EM7, passou a somente 461 mil quilômetros de distância. Como se deslocava da direção do Sol para a Terra, os observadores só conseguiram observá-lo 4 dias depois de ter alcançado a maior aproximação com nosso planeta.

O 2002 EM7 é um dos 10 objetos conhecidos que mais se aproximou da Terra. Caso tivesse se chocado com a superfície, produziria um estrago maior que aquele verificado em 1907, quando um asteróide destruiu uma grande extensão de floresta próximo à Tunguska, na Sibéria.


Colisão em 2027
Dias atrás foi alardeado que outro asteróide, conhecido por 1999 AN10, deverá se chocar com a Terra no dia 7 de agosto de 2027. É importante informar que não existe nada que comprove que este objeto, de aproximadamente 1.5 quilômetro de diâmetro, irá de fato, colidir com a Terra.

As últimas observações mostram que a menor distância que esse corpo poderia se aproximar do nosso planeta é de 37 mil quilômetros. Essa é a menor distância, considerando-se todos os extremos.
De acordo com o JPL, Laboratório de Propulsão a Jato, da NASA, a possibilidade de choque do 1999 AN10 com a Terra é zero, mesmo assim sua passagem será muito próxima.

Para 2039, quando ocorrerá nova aproximação do 1999 AN10, as chances de impacto aumentam, mas segundo os pesquisadores Andrea Milani, Steven Chesley e Giovanni Valsecchi, o cenário é incerto, com probabilidade de impacto de 1 em 10 milhões.


O mais perigoso



Recentemente, os pesquisadores descobriram outro asteróide, batizado de 1950 DA, visto na imagem ao lado. Ao que tudo indica, até agora esse é o objeto que maiores chances tem de impactar diretamente com a Terra.

Segundo dados do JPL, as chances de colisão são da ordem de 1 em 300 e deverá acontecer no ano de 2880. Esse objeto, um esferóide assimétrico, tem um diâmetro de 1.1 km e gira ao rodor do próprio eixo em 2.1 horas, o mais rápido movimento rotacional observado em um asteróide desse tamanho.


Conclusão
Pelo que foi exposto, torna-se claro que, para os objetos conhecidos, e que têm sua dinâmica orbital estudada continuamente, os riscos de impacto são muito baixos. O problema surge com os asteróides desconhecidos, que se aproximam sem serem vistos,além de asteróides como 1999 AN10, que se aproximam muito da Terra.

Cientistas especializados em riscos planetários dizem que se um asteróide de grandes proporções rumasse de fato em direção à Terra, não haveria tempo suficiente para uma contra medida.

Todas as peripécias vistas em filmes, como bombas nucleares fragmentando os asteróides, são de fato ficção, já que a tecnologia necessária para isso não existe.
Estimativas mostram que seriam necessários pelo menos 20 anos, após a detecção de um asteróide em rota de colisão, para que uma tecnologia para desviá-lo ou destruí-lo fosse desenvolvida.

A dúvida atual é a de quantos asteróides ainda não descobertos poderão nos surpreender, já que surgem quase de repente à nossa frente.


Foto: Asteróide Gaspra, como visto pela sonda Galileo. Crédito: Nasa
avatar
Allef

Mensagens : 346
Data de inscrição : 18/08/2010
Localização : Cáceres, Pantanal- MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Lucasm em Dom Ago 22, 2010 10:16 pm

Bom, a Deep Impact foi lançada com sucesso contra o cometa Tempel 1.
Se fosse uma sonda maior talvez a rota do cometa poderia ser desviada significamente.

avatar
Lucasm

Mensagens : 439
Data de inscrição : 19/08/2010
Idade : 23
Localização : Araraquara - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por LR em Ter Ago 24, 2010 1:48 am

Belas imagens pessoal!

o destaque ficou para o "cinturão Troyano" rsrs lol!
brincadera.
.

Alguem se lembra do choque do cometa Shoemaker-Levy 9, contra Júpiter em 1994?

Alguns especialistas un tanto "excêntricos" afirmam que Jupiter com sua gravidade nos salvou de virar poeira nessa década, mais precisamente no ano de 94-95! Shocked

Impacto profundo affraid

Júpiter acaba de ganhar mais uma cicatriz, e das grandes. A descoberta do impacto coube ao astrônomo amador australiano Anthony Wesley, que fotografou o momento do choque do asteroide.

A ilustração da Terra, incluída na imagem para dar a dimensão do evento, mostra que os efeitos do impacto são comparáveis ao tamanho do nosso planeta.



É a primeira vez que um impacto é visto diretamente desde o choque do cometa Shoemaker-Levy 9. Entre os dias 16 e 22 de Julho de 1994 - ou seja, há exatos 15 anos -, os vários pedaços do cometa, que se partiu pela ação da gravidade de Júpiter, chocaram-se com Júpiter e foram acompanhados segundo a segundo por astrônomos de todo o mundo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Imagem dos fragmentos do cometa Shoemaker-Levy 9 tirada em 17 de maio de 1994



"Astronomaiada" tudo bebados, Carolyn Shoemaker, Eugene Shoemaker e David H. Levy, enchendo a cara e vendo os cometas destruindo o hemisfério sul de Júpiter, êlaiá drunken
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



saludos impactantes
avatar
LR

Mensagens : 57
Data de inscrição : 19/08/2010
Idade : 32
Localização : Boy River - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Fernando Troyano em Ter Ago 24, 2010 7:41 am

Não precisamos ir tão longe, Parelheiros, nossa Suíca Paulistana tem sua história.

A história de Parelheiros

Considerados patrimônios ambientais da cidade, os distritos de Parelheiros e Marsilac constituem a maior área territorial de São Paulo. São 353 km2 ricos em águas límpidas, florestas e ar puro.

Conhecido pelas Áreas de Proteção Ambiental Bororé-Colônia e Capivari-Monos, com nascentes que alimentam as represas Billings e Guarapiranga, a região é responsável por cerca de 30% do abastecimento de água da capital. Por sua importância, este território é protegido por leis federais, estaduais e municipais.

Devido às suas características rurais, a região apresenta grande potencial turístico, com condomínios residenciais, chácaras com plantações, acampamentos, trilhas, passeios a cavalo, cachoeiras, centros espirituais, cemitérios – um deles com mais de 200 anos –, a estação férrea e a cratera de 3,6 km de diâmetro, resultado da queda de um meteoro há cerca de 35 milhões de anos na região.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


O dia em que um meteoro caiu na zona sul
Integrantes da Expedição SP 450 anos foram à cratera e também acharam objetos para museu

MARINÊS CAMPOS

O Museu da Cidade ainda nem foi inaugurado, mas já tem garantidos quatro objetos para seu acervo. O antropólogo José Guilherme Magnani conseguiu, pelo preço de R$ 1,40, uma garrafa de Frutaína e outra de Dream Cola, os dois refrigerantes mais consumidos em um forró do extremo da zona sul. A museóloga Maria Ignez Mantovani Franco também deu sua contribuição, obtendo exemplares das cervejas Colônia e Lokal, as mais vendidas nos botecos da região.
Na manhã de anteontem, integrantes da Expedição São Paulo 450 anos saíram de um hotel de Parelheiros entusiasmados com a programação do dia. "Vamos conhecer a cratera de Vargem Grande, onde um meteoro caiu 40 milhões de anos atrás", anunciou a geóloga Patrícia Sepe. Os 30 pesquisadores entraram na van e partiram para ver o que chamaram de "fenômeno geológico".

Meia hora depois, exclamações de espanto e admiração. "Vejam que coisa magnífica", dizia um. "É maravilhoso", comentava outro. Os leigos da expedição, por mais que se esforçassem, só conseguiam ver o bairro de Vargem Grande, uma ocupação irregular que começou na década de 80, cheio de casinhas eternamente em construção, uma gente pobre que precisa acordar de madrugada e viajar três horas de ônibus para chegar ao centro de São Paulo e um barzinho de esquina.

E onde é que estava a tal cratera? "Bem aqui", mostrou a geóloga, apontando todo o bairro. Os viajantes se debruçaram em torno de um mapa e Patrícia contou a história do meteoro que caiu ali, formando a cratera de 3 quilômetros de diâmetro e ainda está encravado nas entranhas da terra.

Dentro da cratera, vivem 35 mil pessoas que não entenderam nada daquela explicação. "Estamos no extremo sul da mancha urbana", esclareceu a arqueóloga Lúcia Juliani. "Essa cratera guarda a história geológica e climática da cidade", observou Patrícia.

O pedreiro Luiz Moisés, que há 14 anos vive sem saber dentro do buraco, não se impressionou com a queda do meteoro. "Acho que esse pessoal devia trazer benfeitorias para o bairro, tapando os buracos das ruas e arrumando mais ônibus para a gente." A falta de iluminação pública, a desordem urbana e o excessivo número de grades, cadeados e lanças nos portões - nessa periferia, pobre não sente mais vergonha em roubar outro pobre -, afligem muito mais os moradores que a despercebida cratera ou a história do meteoro que despencou do céu.

Aliás, lugar onde caiu meteoro pode até ter efeito positivo na segurança pública. Pelo menos é o que acredita Arnaldo Pereira da Silva, diretor do Centro de Detenção Provisória de Parelheiros, onde 1.200 pessoas cumprem pena dentro da cratera. "Não dá para fazer túnel." A depressão causada pelo meteoro fez com que o solo se transformasse em várzea. "Se cavarem meio metro, os presos se afogam dentro da água."

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Talvez esta "baixadona" não natural mostre porque Parelheiros és tão gelada.

abraços parelhados.

OBS : Eu vim do tal cinturão. Laughing

avatar
Fernando Troyano

Mensagens : 376
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 37
Localização : São Bernardo do Campo

http://www.meteoclima.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Fernando Troyano em Ter Ago 24, 2010 8:02 am

PARELHEIROS E SUA CRATERA.






Cratera de Colônia é uma formação rara cuja hipótese para seu surgimento é o impacto de um meteoro sobre a terra há 35 milhões de anos. Localiza-se em Parelheiros no município de São Paulo a aproximadamente 30 Km do centro. Sua profundidade de mais de 400 metros foi sendo preenchida por camadas de sedimentos que constituem um claro, precioso e delicado registro, a ser desvendado, da formação do continente, das variações climáticas e da evolução da vida nesse período. Seu valor histórico e arqueológico é inestimável. Sua configuração exterior atual consiste de uma parte central plana com diâmetro de aproximadamente 3,5 km, circundada por morros dispostos em anel, cujas alturas atingem até 125m acima da planície. No seu interior existem ecossistemas muito preservados, áreas agrícolas tradicionais, um presídio estadual e um loteamento irregular adensado com aproximadamente 20.000 habitantes.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Fernando Troyano

Mensagens : 376
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 37
Localização : São Bernardo do Campo

http://www.meteoclima.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Allef em Ter Ago 24, 2010 9:26 am

Nossa nao sabia essa história do Parrelheiro. Obrigado pelo relato.

Lucas para que se pensasse em uma tecnologia capaz de desviar a rota ou mesmo destruir um asteróides em rota de colisão com a terra a primeira coisa a fazer seria melhor a detecção destes corpos, porque não é raro os cientistas se surpreenderem vendo um asteróide cruzando a óribta terrestre sem antes ter sido detectado. Como foi colocado, diariamente muitos desses objetos tem sua óribta recalculada mostrando que a detecção ainda não está perfeita.
avatar
Allef

Mensagens : 346
Data de inscrição : 18/08/2010
Localização : Cáceres, Pantanal- MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Allef em Dom Ago 29, 2010 3:28 pm

Atualizando

Asteroides proximos a terra.

2002 EY2, 42.1 LD, 350 - 780m, 30/08/10
85640 1998 OX4, 73.4 LD, 160 - 370m, 31/08/10
2010 PM9, 53.5 LD, 270 - 610m, 31/08/10

Legenda

Asteroide, distancia da terra, tamanho, data da aproximacao.

avatar
Allef

Mensagens : 346
Data de inscrição : 18/08/2010
Localização : Cáceres, Pantanal- MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Mafili em Dom Ago 29, 2010 8:03 pm

Allef e Troyano. que bom que vocês gostam deste tema:...lindo tópico.

Troyano os novos são estes: a lista sempre aumenta atualizada em 29 de agosto de 2010.

Até esta data 1144 asteróides potencialmente perigosos....isto sim pode ser uma ameaça global

Exemplo da tabela abaixo (não consigo editar a tabela)
Asteroid.....Date(UT).....Miss Distance.....Mag.....Size
2002 CY46...... Sep 2.........63.8 LD.........16......2.4 km

É a mesma legenda que o Allef carinhosamente postou.

Código:

2002 CY46   Sep 2 63.8 LD 16 2.4 km
2010 LY63   Sep 7 56 LD 18 1.2 km
2009 SH2   Sep 30 7.1 LD 25 45 m
1998 UO1  Oct 1 32.1 LD 17 2.1 km
2005 GE59    Oct 1 77 LD 18 1.1 km
2001 WN5 Oct 10 41.8 LD 18 1.0 km
1999 VO6    Oct 14 34.3 LD 17 1.8 km
1998 TU3    Oct 17 69.1 LD 15 5.3 km
1998 MQ    Oct 23 77.7 LD 17 1.9 km
2007 RU17    Oct 29 40.6 LD 18 1.0 km
2003 UV11    Oct 30 5 LD 19595 m
3838 Epona   Nov 7 76.8 LD 16 3.4 km
2005 QY151   Nov 16 77.7 LD 18 1.3 km
2008 KT    Nov 23 5.6 LD 28 10 m
2002 EZ16    Nov 30 73.9 LD 18 1.0 km
2000 JH5    Dec 7 47 LD 17 1.5 km
2010 JL33    Dec 9 16.6 LD 18 1.3 km

Pessoal:

o link da página da NASA que cuida de Space Weather:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Allef no canto direito da página tem-se as informações sobre a atividade solar.

que tanto adoramos.

Esta imagem atualiza sozinha.

Nota interessante:

Spotless Days
Current Stretch: 0 days
2010 total: 39 days (16%)
2009 total: 260 days (71%)
Since 2004: 807 days
Typical Solar Min: 486 days


Abraços

avatar
Mafili

Mensagens : 286
Data de inscrição : 18/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Dois asteróides passarão próximos da Terra

Mensagem por daimar em Qua Set 08, 2010 1:42 pm

A Agência Espacial Americana (Nasa) informou nesta terça-feira (7) que dois asteroides em órbitas diferentes se aproximam da Terra, e espera que eles passem nesta quarta-feira (Cool perto do planeta. Nenhum deles tem chance de atingir a Terra.
Se calcula que o asteróide '2010 RX30', com dimensões entre 10 e 20 metros, passará a 247.838 km da Terra. O '2010 RF12', com tamanho entre 6 e 14 metros, passará a 78.000 km.Se calcula que o asteroide '2010 RX30', com dimensões entre 10 e 20 metros, passará a 247.838 km da Terra. O '2010 RF12', com tamanho entre 6 e 14 metros, passará a 78.000 km. (Foto: Nasa)

O telescópio Catalina Sky Survey (CSS), situado nas montanhas de Santa Catalina, no Arizona, operado conjuntamente pelas universidades do Arizona e Nacional Australiana, ambas patrocinadas pela Nasa, descobriu os dois objetos no domingo (5)

A Nasa informou que, graças à proximidade, os asteroides poderão ser vistos por observadores amadores, desde que usem telescópios de tamanho moderado.

Se calcula que o asteroide “2010 RX30”, que tem dimensões entre 10 e 20 metros, passará a 247.838 km da Terra às 5:51 AM EDT (9h51 no Brasil). O segundo objeto, denominado “2010 RF12”, com tamanho entre 6 e 14 metros, passará aproximadamente 78.000 km às 5h12 PM EDT (21h12 no Brasil).

Fonte: G1

daimar

Mensagens : 4
Data de inscrição : 30/08/2010
Localização : Montenegro-RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Fernando Troyano em Qua Set 08, 2010 4:58 pm

Qual seria a velocidade de um asteróide que passa pela terra?
avatar
Fernando Troyano

Mensagens : 376
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 37
Localização : São Bernardo do Campo

http://www.meteoclima.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Mafili em Qua Set 08, 2010 7:06 pm

Os parâmetros orbitais do 2010 RX podem ser obtidos neste link,

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

vale a pena...brincar.

avatar
Mafili

Mensagens : 286
Data de inscrição : 18/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Fernando Troyano em Qua Set 08, 2010 7:08 pm

Mafili escreveu:Os parâmetros orbitais do 2010 RX podem ser obtidos neste link,

vale a pena...brincar.


Grande Mafili e seus brinquedinhos.

abraços e valeu.
avatar
Fernando Troyano

Mensagens : 376
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 37
Localização : São Bernardo do Campo

http://www.meteoclima.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Mafili em Qua Set 08, 2010 8:49 pm

Fernando Troyano escreveu:
Mafili escreveu:Os parâmetros orbitais do 2010 RX podem ser obtidos neste link,

vale a pena...brincar.


Grande Mafili e seus brinquedinhos.

abraços e valeu.

Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

Troyano, fazendo umas continhas (redator de Historyeta Channel ou Discocovery Channel)

Velocidade estimada uns 30 km/s.....algo como ~ 107600 km/hora.

Estimo a massa máxima em algo como 92.000 toneladas.

Considerando que o "bicho" que caiu na Sibéira em 1909 (Tunguska)....tinha aproximadamente 100.000 toneladas. Os efeitos seriam similares....mas esta é a conta pelo máximo....como eu disse redator de catástrofe....

Isto sim é potencialmente uma ameça global......



avatar
Mafili

Mensagens : 286
Data de inscrição : 18/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Fernando Troyano em Qua Set 08, 2010 8:51 pm

Mafili escreveu:
Troyano, fazendo umas continhas (redator de Historyeta Channel ou Discocovery Channel)

Velocidade estimada uns 30 km/s.....algo como ~ 107600 km/hora.

Estimo a massa máxima em algo como 92.000 toneladas.

Considerando que o "bicho" que caiu na Sibéira em 1909 (Tunguska)....tinha aproximadamente 100.000 toneladas. Os efeitos seriam similares....mas esta é a conta pelo máximo....como eu disse redator de catástrofe....

Isto sim é potencialmente uma ameça global......




O loco, nem sabia que tinha caído asteróide em Soledade. Laughing

Se caísse no oceano seria o fim das cidades costeiras?
abraços
avatar
Fernando Troyano

Mensagens : 376
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 37
Localização : São Bernardo do Campo

http://www.meteoclima.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Mafili em Qua Set 08, 2010 9:10 pm

O loco, nem sabia que tinha caído asteróide em Soledade.
Se caísse no oceano seria o fim das cidades costeiras?
abraços

Troyano,

Evidente RAIA da PEDRA....é consequência de um asteróide. Não tenho dúvidas. Pena não haver neste fórum nosso amigo de Soledade.

Quanto ao oceano. Não. São asteróides pequenos para provocarem danos maiores. Exceto em Nova YorK, Los Angeles (aquelas coisas de Hollywood...2012...está chegando!!!).

avatar
Mafili

Mensagens : 286
Data de inscrição : 18/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Allef em Qua Set 08, 2010 9:42 pm

Interessantes estes asteróides.

Mafili caso o asteróide que deve passar a uma distância de 32.1 LD da terra no dia 01/10, com o tamanho de 3Km( 1,3-2,9 km) choca-se com a terra aí sim seria uma catastrofe descomunal. Mas não há motivo de preocupação.

Mafili não tem como fundir este tópico com o outro de monitoramento de asteróide? acho que ficaria melhor, mas vocês é quem dicidem. Very Happy

_________________
Jesus é o Senhor.
avatar
Allef

Mensagens : 346
Data de inscrição : 18/08/2010
Localização : Cáceres, Pantanal- MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Mafili em Qua Set 08, 2010 10:28 pm

Allef:

O Vini pode unificar os tópicos...

Voltando aos asteróides;

Se não errei Nas contas (muito zero para este horário) este "bicho" de uns 14 metros de diâmetro "carrega" energia equivalente a 660 bombas nucleares de 15 kilotons (Hiroshima).

Neste caso nada dramático...exceto a mídia.....

Um destes de 3Km de "diâmetro" estas coisas parecem uma batata gigante....sem dúvida...é um evento de extermínio de grande parte da vida no planeta....(MAS JÁ ACONTECEU VÁRIAS VEZES). Isto pode ser bom ou ruim....para a humanidade sem dúvida alguma terrível.

Agora,
Achei este dado que desconhecia.

Um asteróide de 1000 km de "diâmetro"....isto é uma Lua...veja o diâmetro da Lua é aproximadamente 3500 km.
Neste caso. Sinceramente.

O planeta resistiria. Não haveria desintegração do planeta Terra....Mas neste ponto estamos numa região de incerteza absoluta. Não "vemos" nada assim desde o nascimento da Lua...a nossa boa e velha Lua...Poderiamos terminar com duas Luas. Neste caso os vampiros e lobisomens podem ter problemas com vária Luas Cheias simultâneas. (que tal um filme chamado Crepúsculos ......Novamente Hollywood....)

Mas em Hollywood tudo é possível.

Questão de vestibular.
(Ufc) No filme "Armageddon", é mostrado um asteróide, em rota de colisão com a Terra. O diâmetro desse asteróide mede cerca de 1000km, mas, de acordo com vários astrônomos, os maiores asteróides com alguma probabilidade de colidir com a Terra têm um diâmetro de 10 km. São os chamados "exterminadores". Faça uma estimativa da razão entre as massas desses dois tipos de asteróides.
avatar
Mafili

Mensagens : 286
Data de inscrição : 18/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Allef em Qui Set 09, 2010 7:55 pm

Mafili se não me engano este aí de 1000km de diâmetro é Ceres, não é? Deus nos livre de uma ameça desta.

Bem legal esta questão do vestibular. Mafili com as suas brilhantes idéias, amigo você faz uma falta imensa na comunidade se não fosse suas idéias muitas vezes ficaríamos sem chão. Very Happy

E............ pelo jeito o Elder tá viajando bastante heim não vi mais ele.

_________________
Jesus é o Senhor.
avatar
Allef

Mensagens : 346
Data de inscrição : 18/08/2010
Localização : Cáceres, Pantanal- MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Fernando Troyano em Qui Set 09, 2010 9:41 pm

Astrônomos amadores filmam pela 1ª vez dois impactos sobre Júpiter.

Cientistas não sabiam que choques pequenos podiam ser observados.
Assista aos vídeos na página da Nasa, a agência espacial americana.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



A Nasa, a agência espacial americana, divulgou nesta quinta-feira (9) dois vídeos feitos por astrônomos amadores que mostram o impacto de objetos sobre Júpiter. Eles usaram equipamento relativamente simples para fazer o registro dos fenômenos, ocorridos em 3 de junho e 20 de agosto.

Segundo a agência, o australiano Anthony Wesley e o filipino Christopher Go são os primeiros a captar em vídeo o brilho resultante da desintegração dos corpos na atmosfera de Júpiter. Antes da dupla, os cientistas simplesmente não sabiam que choques tão pequenos podiam ser observados da Terra.

Astrônomos profissionais da Nasa e de outras instituições fizeram um acompanhamento das descobertas e reuniram informações detalhadas sobre os objetos. O primeiro tinha 8 a 13 metros de diâmetro e 500 a 2 mil toneladas, comparável ao asteroide 2010 RF12, que passou perto da Terra ontem. Os cientistas ainda analisam o segundo objeto, mas acreditam que ele tenha dimensões semelhantes.

O impacto de 3 de junho sobre Júpiter liberou de um quinto a um décimo da energia liberada pelo meteoro que atingiu Tunguska, na Rússia, em 1908. O meteoro explodiu cerca de 10 quilômetros antes de atingir a superfície da Terra, derrubando milhões de árvores.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Fernando Troyano

Mensagens : 376
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 37
Localização : São Bernardo do Campo

http://www.meteoclima.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Mafili em Qui Set 09, 2010 9:53 pm

Allef,

Obrigado pelo apoio.

A missão DAWN. Uma sonda que tem por objetivo explorar Ceres e Vesta (Aliás você está correto, o diâmetro de Ceres é quase 1000 km, durante algum tempo ele foi classificado como planeta. Vesta tem algo como 500 km de diâmetro).

Neste endereço temos dados e vídeos da missão.

O interessante é o grande volume de água em Ceres. Já se cogitou que pode ser uma base para as explorações humanas no futuro.

Fascinante.

Vida longa e próspera..

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

avatar
Mafili

Mensagens : 286
Data de inscrição : 18/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Mafili em Qui Set 09, 2010 10:23 pm

Allef,
Um impacto com um corpo do tamanho de Ceres...hummm...acho que o vídeo abaixo é bonzinho.
Pessoalmente acredito que poderiamos terminar com duas luas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Mafili

Mensagens : 286
Data de inscrição : 18/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Allef em Qui Set 09, 2010 11:27 pm

Mafili legal este vídeo. Se tivessemo duas luas, cidades como o rio de janeiro e outras sumiriam porque a atividade gravitacional do satélite natural dobraria por consequinte as marés, pois seria duas, não?

Os lobisomens teria que rodar a baiana para conseguir se adaptar a duas luas, porque haveria muito confusão, além do mais teria que trabalhar dobrado. E os vampiros também além de ter que passar a usar detadura,chapa.......................... porque o números de vítimas desgatarias todos os dentes. Os dentistas lucraria como nunca. Razz Very Happy

Abraços.

_________________
Jesus é o Senhor.
avatar
Allef

Mensagens : 346
Data de inscrição : 18/08/2010
Localização : Cáceres, Pantanal- MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Asteróides

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum